Please wait while JT SlideShow is loading images...
CoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGauchoCoxixoGaucho

Ainda  não acredito que o grupo que animou o baile no Bailão do Silva na cidade de Penha SC fosse o Grupo Tchê Barbaridade, tal o descompasso e os erros grotescos cometidos durante a execução das músicas, um verdadeiro assassinato musical!

Atravessaram os rítmo, se confundiram com a introdução das músicas, erraram o tom de tal maneira que parecia que o grupo não estava tocando a mesma musica – cada um tocava o que queria. Se pertenciam ao famoso grupo Tchê Barbaridade, não tocaram como profissionais ou pelo menos deixaram transparecer que nunca tocaram junto tal o puchero que fizeram.

Existe uma sigla que os Funkeiros trouxeram a tona MC (music comand) que quer dizer “quem comanda a música” e este lema serve pra qualquer estilo musical tanto musica popular, como na música classica e erudita. Na musica gaucha, quem comanda a musica, ou quem dá o inicio, o rumo e ritmo para que os outros instrumentos saibam o que tocar; é a gaita. Se  o gaiteiro não souber ou não dominar a gaita e as introduções das musicas, o conjunto se perde, e fica tentando adivinhar o a introdução para executar a música. E isto é um transtorno já que a musica não deve parar e vem encarreirada que nem teta de leitoa, e com esta barbaridade, nem o cantor consegue se achar, pois não consegue achar o tom! É preciso profissionalismo, afinal o Tchê Barbaridade tem história e um nome a zelar, e mesmo que seja um baile que o conjunto considere meia-boca, pois foi esta a impressão que deixaram, o público e o contratante devem ser respeitados, independente de local ou região! Ou mandam substitutos bons, ou estes devem ao menos  participarem de ensaios pra não fazer vergonha!

Alguém já viu músicos tocarem sem retorno? Era mais ou menos isto. O gaiteiro tem que ter “topete” e não se achicar!  É ele que dá o inicio da musica, pois se não fizer isto, o grupo fica desamparado, e depois não adianta o Gaiteiro ficar 5 minutos fazendo “cosca” na gaita tocando 3 notas fingindo que é um gaitaço.  Sinceramente, será que o Marcelo Tchê aprovaria o desempenho destes viventes que subiram ao palco representando famoso grupo Tchê Barbaridade?

Ademir Canabarro – para o coxixogaucho.com.br